Trabalho com brocas de centro

Trabalho com brocas de centro

A broca de centro é uma ferramenta de corte, onde o material de fabricação na maioria das vezes é de aço rápido e como o próprio nome diz, é utilizada para criar furos de centro. De acordo com a norma NBR 6386, podemos dividir as brocas de centro em três formas: A, B e R. De acordo com essa forma a broca de centro pode executar de uma só vez quatro geometrias de usinagem no furo: cilíndrico, cone, escareado de proteção e raio.

As brocas de centro A, B e R

A broca de centro classificada como A, executa um furo de centro simples, com um perfil sem o chanfro de proteção e cria apenas um furo cilíndrico seguido de um escareado a 60 graus.

furo de centro simples furo cilíndrico escareado a 60 graus

Depois temos a broca de centro classificada como B. Esta executa um furo de centro com o chanfro de proteção que pode ter uma entrada escareada a 120 graus ou um rebaixo que possui a finalidade de proteger a parte cônica do furo contra possíveis danos feitos por choques, capazes de fazer com que a centralização da peça seja prejudicada, não obtendo uma centralização perfeita.

furo de centro com o chanfro de proteção centralização perfeita

Já com a forma de broca R, temos uma broca de centro com um raio, utilizado para diminuir o atrito entre a contraponta e o furo de centro feito na peça, no caso de desalinhamento da contraponta durante o processo de torneamento cônico de pequena conicidade.

broca de centro com um raio contraponta

A escolha da broca de centro sempre será feita em função dos diâmetros da ponta do eixo usinado, segundo uma tabela da norma ISO/R 866. Abaixo temos as tabelas técnicas de escolha do furo de centro:

diâmetro da ponta do eixo D

Centros para trabalhos entre pontas (ISO/R 866)

Observação: L1, L2 e LE3 representam o comprimento de corte quando o furo de centro deve desaparecer.

Representações do furo de centro na peça

As representações podem ser feitas de três formas de um furo de centro em desenho técnico e é indicada pela norma NBR – 12288. Os três requisitos são:

1. O furo de centro é necessário na peça acabada.

O furo de centro é necessário na peça acabada

2. O furo de centro pode permanecer na peça acabada.

O furo de centro pode permanecer na peça acabada.

3. Não pode haver furo de centro na peça acabada.

Não pode haver furo de centro na peça acabada.

Para interpretar o tipo da broca de centro é necessário observar a descrição técnica no desenho e escolher a broca correta seguindo o dimensional do diâmetro da ponta cilíndrica e o diâmetro maior do cone.

escolher broca seguindo dimensional diâmetro ponta cilíndrica e diâmetro maior do cone

Nada dentro da usinagem é feito por acaso, por este motivo devemos prestar atenção em todos os valores e representações técnicas que estão presentes em todos os desenhos, com isso, seguindo corretamente os dados normalizados, teremos resultados satisfatórios e de qualidade.

Bom trabalho!

Publicado por

Rafael Mascarenhas

Projetista de ferramentas e Programador de máquinas CNC há mais de cinco anos. Ambas as funções realizadas com auxílio de softwares de CAD e CAM, tais como SolidWorks, NX, AutoCAD, SolidCAM, EdgeCAM, entre outros. Cursando ensino superior em Engenharia Mecânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X