O que são as tolerâncias geométricas aplicadas nos desenhos técnicos mecânicos?

O que são as tolerâncias geométricas aplicadas nos desenhos técnicos mecânicos?

O dimensionamento geométrico e tolerância (chamado de GD & T, para abreviar) é um sistema feito para definir e comunicar tolerâncias de fabricação. É uma linguagem utilizada em desenhos de projetos mecânicos, composto de símbolos que são usados para descrever explicitamente a geometria nominal de uma peça ou elemento e sua variação admissível ou tolerância.

Este dimensionamento do sistema e tolerâncias torna possível a produção em massa de milhares de peças e partes que devem posteriormente ser perfeitamente montados para formar uma utilizável para o fim a que foi projetado e definido.

Dentro desse trabalho de tolerância, existe a classe de tolerâncias geométricas, que tem como principal funcionalidade determinar uma margem de variação de erros geométricos das peças usinadas.

Para as tolerâncias geométricas, temos as seguintes classes de trabalho:

imagem 1

Dentro dessas classes de tolerâncias geométricas, podemos classificar como:

Tolerância de forma: As tolerâncias de forma são os desvios que um elemento pode apresentar em relação à sua forma geométrica ideal e vem indicados no desenho para elementos isolados, como uma superfície ou uma linha. A tolerância de forma é caracterizada por linearidade, planeza, circularidade, cilindricidade, perfil de uma linha e perfil de uma superfície.

Tolerância de orientação: Este tipo de desvio é definido para superfícies ou elementos nos quais pontos ou superfícies se comuniquem por meio de interseção de suas linhas. É representado por paralelismo, perpendicularidade e inclinação.

Tolerância de posição: É a diferença entre uma aresta ou superfície da peça e a posição prescrita pelo projeto da peça. É representado por tolerância de posição, concentricidade, coaxialidade e simetria.

Tolerância de batimento: São classificadas em tolerância de batimento circular radial e tolerância de batimento circular axial.

Através disso devemos aplicar corretamente as tolerâncias para nossos trabalhos, sempre tendo em mente que nunca se conseguirá um dimensionamento cem por cento correto, por isso devemos fazer uso das tolerâncias.

Bom trabalho!

Publicado por

Rafael Mascarenhas

Projetista de ferramentas e Programador de máquinas CNC há mais de cinco anos. Ambas as funções realizadas com auxílio de softwares de CAD e CAM, tais como SolidWorks, NX, AutoCAD, SolidCAM, EdgeCAM, entre outros. Cursando ensino superior em Engenharia Mecânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X