O que é e como se aplica a escala de Mohs?

O que é e como se aplica a escala de Mohs?

Podemos dizer que a escala de Mohs quantifica a dureza dos minerais, ou seja, a resistência que um determinado mineral oferece ao risco, com a retirada de partículas da sua superfície. Temos por exemplo que o diamante risca o vidro, portanto, é mais duro que o vidro.

imagem 1

Em 1822 foi a primeira vez que a escala de Mohs foi utilizada. Essa escala simplesmente é composta por um grupo de 10 minerais, listados de 1 até 10, sendo que o diamante é classificado como o mais duro e possui o índice 10 e o mais mole é o talco, classificado com o índice 1.

Essa escala nos dá a informação de que cada mineral pode riscar todos aqueles abaixo, levando em consideração seu índice de classificação.

imagem 2

Por definição, os intervalos de classificação não possuem os mesmos valores, ou seja, o intervalo entre 9 e 10 é muito maior do que entre 1 e 2.

imagem 3

Aplicando o teste com a escala Mohs

A dureza sempre será determinada pela pesquisa de qual mineral da escala padrão o material de teste risca ou não risca. A dureza do material de teste fica entre os dois pontos da escala, por exemplo, temos que o primeiro mineral é riscado pelo material de teste e o segundo mineral não é riscado pelo mesmo material de teste, então esse material testado fica nesse intervalo, entre esses dois pontos.

Alguns exemplos da dureza de metais comuns na escala Mohs são:

  • O cobre, entre 2 e 3.
  • Os aços ferramenta, entre 7 e 8.

O teste com a escala de Mohs é consideravelmente um teste simples por não serem quantitativos, os padrões que definem a escala são simplesmente números arbitrários.

Na indústria mecânica, o teste com a escala de Mohs não é utilizado com grande frequência pelos profissionais de materiais e metalurgia, pois com essa escala se obtém apenas uma indicação qualitativa, quando não se dispõe de aparelhos para os testes convencionais de dureza. Então devemos prestar muito a atenção no que desejamos ter como resultado, levando em consideração a precisão que desejamos chegar.

Bom trabalho!

Publicado por

Rafael Mascarenhas

Projetista de ferramentas e Programador de máquinas CNC há mais de cinco anos. Ambas as funções realizadas com auxílio de softwares de CAD e CAM, tais como SolidWorks, NX, AutoCAD, SolidCAM, EdgeCAM, entre outros. Cursando ensino superior em Engenharia Mecânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X