Como é feito o Teste da Altura Limite do Domo?

Como é feito o Teste da Altura Limite do Domo?

O trabalho do Teste da Altura Limite do Domo foi principalmente desenvolvido com o intuito de simular mais efetivamente as condições das fraturas encontradas na maioria das peças que são encontradas nos trabalhos práticos reais.

O estampo utilizado no processo de execução com o Teste da Altura Limite do Domo possui uma forma hemisférica de grande diâmetro, na maioria das vezes medindo 100mm. O ensaio é executado em chapas de aço de diferentes larguras. As chapas são impressas com redes de círculos de 2,5mm de diâmetro.

A sua medição é feita pela deformação na largura e é medida sobre o círculo da grade mais próximo da fratura.

Veja também: Aprenda sobre o conceito de estampabilidade | Conheça as máquinas para execução dos ensaios de estampabilidade

imagem-1

A aplicação do Teste da Altura Limite do Domo tem como principal funcionalidade a simulação mais precisa da ocorrência de fraturas que ocorrem numa operação real de estampagem. O teste é demorado, mas obtêm-se resultados que são altamente dependentes da espessura da chapa. Neste teste, a lubrificação não é importante, sendo comum executar o teste sem lubrificante.

Veja também: Conheça o ensaio de estampabilidade de Erichsen e como ele é feito | Como é feito o ensaio de estampabilidade de Olsen?

Sendo assim, devemos nos atentar na escolha do tipo de teste que será mais conveniente ser utilizado como ensaio preliminar. Em muitos casos um resultado obtido de forma rápida não nos traz um resultado satisfatório, por outro lado com o Teste da Altura Limite do Domo, apesar de uma demora um pouco maior na obtenção de resultados, podemos ter a certeza de que o que está sendo ensaiado respeita rigorosamente o trabalho de estampagem no chão de fábrica.

Bom trabalho!

Publicado por

Rafael Mascarenhas

Projetista de ferramentas e Programador de máquinas CNC há mais de cinco anos. Ambas as funções realizadas com auxílio de softwares de CAD e CAM, tais como SolidWorks, NX, AutoCAD, SolidCAM, EdgeCAM, entre outros. Cursando ensino superior em Engenharia Mecânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X