Agora nós podemos comparar uma formatação sem bordas, com uma formatação com bordas, qual é que está melhor? Depende. A de baixo aqui está mais formal, se alguém gostar de uma formatação mais formal vai preferir. A de cima está mais colorida está mais bonitinha, alguém pode preferir também.

Mas tem como você escolher algumas formatações da Borda, então por exemplo, você pode escolher uma linha diferente ou pegar, por exemplo, uma linha laranja. Vão surgir pontos e um lápis aqui que me  permitirá desenhar a borda, e você verá que é algo desestressante, algo gostoso de se fazer, você tem o estilo da linha para escolher uma linha diferente para sua borda e você sai traçando, toda sua borda, clica, segura e puxa.

Aqui também é importante que você tome cuidado com a questão de cor, para você não utilizar uma linha, por exemplo, fraca no fundo claro, não é mesmo? Então você vem aqui escolhe a cor, escolhe o estilo da linha, e aí você aplica a formatação que achar necessário na sua planilha, e muda o que você quiser, é gostoso porque você tem a impressão de estar desenhando mesmo.

Para apagar você usa uma borrachinha.

Então quando você estiver criando sua planilha como eu fiz, utilize linhas e cores de borda, caso você queira aplicá-las diferentes, para dar aquela diferenciada na sua planilha, então use e abuse das ferramentas de formatação de bordas e melhore a aparência dos dados que serão apresentados.

Bom vou parando por aqui, onde ensinei a vocês como aplicar as formatações de bordas em uma planilha, vimos que é possível utilizar bordas pré-definidas, que dá para fazer uma formatação extremamente rápida e também utilizar um método desestressante de desenhar borda escolhendo cores, estilos e traçando as linhas onde acharmos interessante.

Continue lendo

Para aplicar um conjunto de bordas na planilha é muito fácil: você seleciona um local onde você quer aplicar suas bordas e na formatação de borda e se diverte com as opções pré-definidas que vão, desde borda inferior até a borda superior e inferior dupla.

Então por exemplo, eu sempre começo com todas as bordas e pronto eu tenho uma tabela, por mais simples que seja, não É? Aí eu aplico às vezes uma borda externa mais grossa, também aqui a borda superior espessa, tá vendo, já mudou bastante.

Uma outra que eu gosto muito  também, se refere ao uso de uma borda inferior dupla, então no menu seleciona borda inferior dupla e está ali, aplicada.

E assim vai mudando a cara da minha planilha, e aí você pode utilizar todas essas opções para conseguir melhorar a aparência da sua planilha. Vou mostrar para você agora que existem coisas ainda melhores para se trabalhar com borda.

Continue lendo

Tá vendo esse monte de linhas? Pois é, eu vou ensinar para vocês nesta aula como aplicar bordas em uma planilha e assim você conseguirá melhorar a formatação e a organização da sua planilha e também desestressar, quando você aprender a desenhar sua própria borda, escolhendo cores, tipo de linha e o traçado. Então venha comigo nesta aula e aprenda um pouco mais sobre as Ferramentas de Formatação do Excel 2016.

Aqui nós podemos ver uma planilha que nós estamos trabalhando neste módulo sobre a formatação, já com algumas formatações aplicadas que nós aprendemos em aulas anteriores, não é mesmo?

O que nós vamos ver agora é a ferramenta ou as ferramentas de formatação de borda. A formatação de borda é muito utilizada para que você consiga delimitar a tabela, e aí o pessoal saber onde é que uma informação começa e onde outra termina. Ela não é uma formatação obrigatória, mas se bem utilizada, vai transformar o visual da sua tabela, da sua planilha e assim organizar melhor as informações. Nada melhor do que uma organização em uma planilha para facilitar o seu entendimento. As ferramentas de formatação de borda podem ser encontradas na guia Fonte, no campo chamado bordas.

Continue lendo

Olá pessoal, aqui é o Colucci!

Hoje vim falar rapidamente sobre uma interessante aula do nosso curso de AutoCAD Civil 3D que se encontra disponível em nosso canal do YouTube.

Trata-se de uma vídeo aula onde ensino o procedimento para realizar uma análise de declividades no Civil 3D a partir das ferramentas de análises de superfícies.

https://www.youtube.com/watch?v=wVowaFDdvfE

Vamos saber mais sobre isto?

O que é a Análise de Declividades?

Uma análise de declividades nos permite obter inúmeras informações importantes em um projeto. É possível obter informações importantes para projetos de drenagem, rodovias e até mesmo delimitação de áreas de preservação permanente (APP).

Basicamente, o que o software faz é analisar as elevações de uma superfície e compará-la com um elemento de distância.

No Civil 3D é possível obter informações referentes à declividade de um terreno e apresenta-las na forma de rótulos, tabelas e por meio de mapas de declividades, que permite visualizar de forma gráfica as diferentes declividades do terreno.

Na imagem à esquerda é possível visualizar uma análise de declividades apresentada de forma gráfica enquanto que na direita é possível visualizar um rótulo de declividades.

Bacana não é mesmo?

Bom, em nosso canal do YouTube você encontra esta e outras aulas disponibilizadas gratuitamente, então não perca tempo e acesse-o agora.

Você já tem um conhecimento prévio, quer testar seus conhecimentos e obter um certificado reconhecido no mercado de trabalho? Não tem problema, acessando nossa página de cursos você poderá adquirir inúmeros cursos de formação por um preço pra lá de bacana. Além da prova de certificação você também tem acesso aos arquivos do curso.

Vou parando por aqui. Ao longo da semana devo enviar mais alguma dica de Civil 3D para ajudá-lo a melhor se preparar para o mercado de trabalho.

Continue lendo

Dica de Excel 2016 traz para você neste texto uma forma de transformar uma planilha comum em uma planilha fantástica a partir do uso da formatação condicional com ícones.

Em meu artigo anterior, apresentei para vocês o procedimento para utilizar a função Se aninhada para construir um boletim utilizando a função Se.

No artigo vimos que é possível aplicar  a função Se mais de uma vez em uma mesma célula de forma a aumentar a quantidade de resultados obtidos a partir do uso desta importante função do Excel 2016.

Apesar da planilha acima ser extremamente útil, e cumprir totalmente com o esperado, podemos utilizar algumas ferramentas de formatação que nos permita analisar de forma rápida os dados apresentados e ainda melhorar o aspecto visual da tabela.

Formatação Condicional com ícones

A Formatação Condicional é uma ferramenta já conhecida pelos usuários do Excel. A partir dela é possível inserir e gerenciar regras de formatação que, quando atendidas aplicam formatação de fonte, preenchimento e bordas em planilha.

Na imagem abaixo é possível visualizar um exemplo de aplicação da formatação condicional em uma planilha.

Vejam que uma simples aplicação da ferramenta Formatação Condicional é capaz de transformar a aparência de uma planilha e facilitar a análise dos dados apresentados.

Agora vejamos como ficaria a mesma planilha após a aplicação da Formatação Condicional com ícones.

Notem que ícones verdes, vermelhos e amarelos foram aplicados na planilha baseados nos valores contidos em cada célula.

Vale ressaltar que esta formatação somente é possível se aplicarmos em células contendo valores numéricos, e que é necessário ajustar as regras de formatação assim como é feito na formatação condicional sem ícones.

Legal não é mesmo?

Bom, por enquanto vou parando por aqui.

Em meu próximo artigo mostrarei a mesma planilha utilizando a formatação condicional com barras, que permitirá analisar rapidamente quais valores se destacam em relação aos demais em uma série de dados.

Ah, antes de finalizar!

Sabe os nossos cursos de Excel 2016? Então, neles você aprende estas e outras ferramentas do Excel que são fundamentais para você turbinar suas planilhas.

Inclusive nosso Curso de Excel 2016 Básico se encontra totalmente gratuito no Youtube e você só paga para obter o certificado e os arquivos do curso!

Então é isso! Fique de olho em nossos próximos artigos.

Continue lendo

Bom dia pessoal!

Estou passando para divulgar para vocês uma excelente dica do Excel 2016 que permite analisar planilhas com base em testes lógicos.

A função Se como conhecemos, nos permite analisar um determinado valor a partir de um teste lógico retornando dois resultados, um se verdadeiro e outro se falso. Por si só estes dois resultados já são muito importantes para analisar planilhas, mas imagine que você queira três resultados, o que você poderia fazer?

É neste momento que a função Se Aninhada entre em cena!

A Função Se Aninhada nada mais é do que a aplicação de uma segunda função Se em uma mesma célula, assim temos a capacidade de possuir sempre um número maior de resultados para a planilha.

Vamos citar um exemplo rápido!

Uma professora (aproveitando que o dia dos professores está chegando) trabalha com uma planilha contendo as notas de seus alunos. Apenas três resultados são possíveis: Aprovado, Reprovado e Exame Final.

Para facilitar seu trabalho, a professora pensou em utilizar o Excel, onde seria possível aplicar a função Se para retornar os resultados automaticamente poupando assim um certo tempo.

Abaixo é possível visualizar a planilha criada por ela.


Para que possamos utilizar a função Se Aninhada vamos relembrar a sua sintaxe.

=Se(Teste Lógico;Valor se verdadeiro; Valor se falso)

Lembrando que o teste lógico é baseado nos critérios e os valores verdadeiros e falso serão definidos pelo usuário.

Para iniciar a função Se no campo resultado, utilizaremos o teste lógico da aprovação, ou seja, verificar se a nota é maior ou igual a 70. Veja a imagem abaixo.


Pronto, desta forma o Excel entende que valores maiores ou iguais a 70 deverão retornar o resultado Aprovado. Continuando, devemos inserir uma nova função Se no campo Valor se Falso.

Isso se faz necessário para que possamos obter mais dois testes lógicos. Veja na imagem abaixo que o teste será baseado no valor de reprovação, ou seja se a nota é menor que 50.


Notem, que eu utilizei os valores extremos, Aprovação e Reprovação. Fiz isso por que o Excel entenderá que quem não se enquadrar nestes valores deverá estar de Exame Final, que são os valores que se encontram justamente entre as notas 70 e 50.

Assim, para finalizar basta utilizar como Valor se Falso o resultado “Exame Final”.

Ao pressionarmos Enter e replicarmos a fórmula para as demais células veremos o resultado da análise na planilha.

Bacana não é mesmo?

Em nosso curso de Excel 2016 Intermediário trato exatamente desta função e muitas outras que são fundamentais para o uso deste importante software para resolver problemas do dia a dia, assim corra e garanta os preços promocionais que reservamos especialmente para você se qualificar.

Ah, e fica de olho no e-mail que vou enviar ainda esta semana um artigo ensinando a enriquecer ainda mais esta planilha trabalhada hoje.

Abraços e bom feriado.

Continue lendo

As dicas de Excel 2016 podem facilitar bastante a nossa vida ao utilizar este fantástico software para construção de planilhas eletrônicas. Nesta dica em especial eu vou falar sobre a função Subtotal, e apresentar um rápido exemplo de aplicação.

Por que escolhi esta função? Por que recebi a seguinte dúvida a partir de nosso e-mail.

“Colucci, como somar alguns dados de um intervalo muito maior?”

Como vocês podem ver, tive que entrar em contato com o usuário para tentar entender melhor a sua dúvida, e após um bate papo rápido consegui entender o que ele pretendia fazer em sua planilha.

Este nosso aluno possui uma planilha com lançamentos de pagamentos mensais e suas respectivas datas, muito parecida com a que lhes apresento na imagem abaixo.


A ideia era que, a partir de filtros, fosse possível somar os valores que os funcionários tinha recebido até então no campo localizado no final da planilha representado pela palavra Total. Para isso inseriu a função soma e os filtros, conforme é possível visualizar na imagem abaixo.


Contudo, ao aplicar os filtros para visualizar o pagamento de um único funcionário o resultado apresentado não era o esperado. Por exemplo, se somarmos manualmente os pagamentos realizados ao Jair, encontraremos R$ 5503, 00, notem que levei em consideração o valor que ainda não foi realizado, mas que já faz parte da planilha.

Ao aplicarmos o filtro, selecionando somente o funcionário Jair, encontramos o seguinte resultado.


Notem que o total desapareceu junto com a função Soma inserida anteriormente.

Mas como resolver isto? Muito simples!

Basta que ajustemos a planilha e apliquemos a função Subtotal ao contrário da função soma.

Primeiramente, movi o campo total para um outro local da planilha de forma à evitar esta confusão que o Excel estava fazendo ao considerar que o mesmo fazia parte da coluna onde o filtro seria aplicado. Veja a imagem abaixo.


Em seguida, troquei a função Soma pela função Subtotal, conforme é possível visualizar na imagem abaixo.


Vejam que é possível obter os subtotais de uma planilha a partir de diversas funções. Assim, devemos escolher aquela que melhor se adeque às nossas necessidades, neste caso, escolhi a função Soma. Veja o resultado na imagem abaixo.


Agora sim poderemos escolher um determinado funcionário e visualizar o resultado a partir da planilha criada.

Bom, é isso. Vou parando por aqui.

Como foi possível visualizar, o Excel possui uma infinidade de ferramentas, e conhecê-las corretamente nos permite sanar inúmeros problemas do cotidiano.

Quer saber mais sobre Excel? Acesse agora mesmo nossa página. Lá você encontra cursos de Excel com certificado e arquivos para realizar exercícios de aplicação que irão lhe ajudar a alavancar sua carreira profissional.

Forte abraço e até a próxima!

 

Continue lendo

Bom dia pessoal!

Ontem pela manhã, enviamos para vocês, um e-mail falando sobre uma vídeo aula do nosso curso gratuito de Excel 2016 Básico onde era ensinado o procedimento para utilização de formatação de números em uma planilha eletrônica. Você assistiu?

Caso não tenha dado tempo de assistir, não tem problema! É possível acessar o vídeo clicando aqui

Como este tema de formatação de números é muito importante, trago neste artigo de hoje o procedimento para utilização de formatação especial de números.

A formatação especial de números permite aplicar alguns formatos pré-definidos pelo Excel ou até mesmo criar uma formatação totalmente personalizada e que esteja de acordo com as necessidades de uma determinada planilha.

Veja na imagem abaixo as opções disponíveis.

Imagem mostrando as opções para formatação especial de números

Um exemplo que pode ser dado sobre a formatação especial de números, chamada por muitos de formatação personalizada de números, é a aplicação da cor vermelha em um número que for negativo, ou então um determinado código empresarial.

Outro exemplo muito comum é quando desejamos inserir números de uma forma mais simples mas desejamos que eles apareçam formatados corretamente, utilizando pontos e hifens como no caso de números de CPF’s ou CEP de ruas.

Na imagem abaixo apresento a codificação necessária para, por exemplo, inserir um número e o próprio Excel 2016 aplicar a formatação especial de números incluindo pontos e hífen em números que representem CEP.

Imagem aplicando um formato especial de número


Após o uso da formatação especial de números podemos visualizar os CEP’s de ruas de acordo com a forma correta de inseri-los em uma planilha.

Simples, não é mesmo?

Bom, por hoje vou parando por aqui. Vale lembra-los que o Excel possui uma infinidade de ferramentas e conhece-las muito bem poderá se tornar um diferencial na sua carreira profissional.

Como encontrar cursos de qualidade na internet não é uma tarefa muito simples, deixo aqui o link de acesso para nossa página de cursos sobre o Excel. Nela você encontra inclusive, cursos disponibilizados de forma totalmente gratuita, com opção de compra dos arquivos e prova de certificação.

Você não vai deixar de visitar nossa página agora mesmo e encontrar um curso que seja importante para sua formação, não é mesmo? Então corre lá!

Abraços e até a próxima!

Continue lendo

Bom dia pessoal!

Espero que esteja tudo bem e que vocês estejam bastante animados para mais uma semana que se começa! Afinal, são mais 7 oportunidades que teremos para melhorar nossa formação.

Falando em melhorar nossa formação, deixamos aqui com vocês um Super Vídeo de Excel onde ensinamos para vocês o procedimento para formatar os números em uma planilha.

A formatação de números é fundamental para quem deseja criar planilhas no Excel pois permitem apresentar e organizar dados corretamente.

Caso você queira saber um pouco mais sobre estas vídeo aulas basta acessar nosso Canal do Youtube onde irá encontrar várias vídeo aulas gratuitas sobre Excel, Project e tantos outros softwares.. Se você já se sente um conhecedor do Excel e quer um certificado reconhecido, acesse nossa página e faça a prova de certificação com um precinho bastante camarada.

Amanhã lançaremos um artigo sobre o Excel e na quarta-feira voltareimos com mais uma dica como esta.

Boa semana para vocês!

Continue lendo

O Excel 2016 é uma poderosa ferramenta de criação de gráficos. A partir dele podemos criar gráficos, acrescentar séries, utilizar ferramentas de regressão e aplicar estilos de formatação que transformam uma simples série de dados em uma poderosa ferramenta de apresentação de informações.

gráfico criado no Excel 2016
Exemplo de gráfico criado no Excel 2016.

Recentemente enviamos um e-mail propondo à nossos usuários o envio de algumas dúvidas, para que as transformássemos em artigos e assim, poder fornecer um pouco mais de conhecimento para nossos alunos.

Uma das dúvidas enviadas, se refere à imagem apresentada no início deste artigo, onde é possível visualizar duas séries de dados em um único gráfico.

Criar um gráfico e posteriormente acrescentar uma nova série de dados é uma tarefa bastante utilizada pelos usuários, e não envolve um procedimento complexo. Contudo, dependendo do comportamento destas funções, as informações podem ser erroneamente apresentadas caso um único eixo vertical seja utilizado.

Vejam na imagem abaixo que, na tabela utilizada no exemplo, a velocidade atinge um valor máximo de 72 m/s enquanto que a posição 814 m.

análise do gráfico e suas informações no Excel 2016
Analisando o gráfico e suas informações.

Ao analisarmos o gráfico notamos que o único eixo existente é o da posição que atinge valores próximos à 900 m o que faz com que a série da velocidade seja apresentada de forma inadequada. Para resolvermos este problema é necessário adicionar um segundo eixo vertical no gráfico existente.

Para inserir um novo eixo vertical clique com o botão direito na série desejada e selecione a opção Formatar Série de Dados.

ferramenta formatar série de dados no Excel 2016
Acessando a opção Formatar Série de Dados no Excel 2016.

Na faixa de opções que será apresentada selecione a opção Eixo Secundário.

escolha de eixo do gráfico no Excel 2016
Escolhendo o eixo em que as informações serão apresentadas.

Finalize o seu gráfico inserindo o título referente a série de dados que está sendo representada neste segundo eixo vertical.

gráfico com 2 séries verticais no excel 2016
Gráfico finalizado com duas séries de dados no Excel 2016

Vejam na imagem acima que a série de dados representando a velocidade agora possui o seu próprio eixo vertical, facilitando assim o entendimento do seu comportamento.

Quer receber mais dicas de Excel? Acompanhe nossos e-mails e entre em contato conosco sempre que precisar.

Forte abraço!

Continue lendo
Função SomaSe do Excel – Conheça um pouco mais

Função SomaSe faz parte da vasta gama de funções que o Excel nos oferece para a construção de planilhas eletrônicas.

Apesar de ser uma função extremamente útil, muitos usuários ainda não conhecem a função SomaSe ou então ainda encontram algumas dificuldades em aplicá-la corretamente.

Assim, escrevo este artigo para dar algumas dicas de utilização desta importante função e citar alguns exemplos onde ela pode ser facilmente aplicada.


Conforme podemos visualizar na imagem a seguir, a função SomaSe pode ser encontrada no grupo de Fórmulas e Funções do Excel chamado Matemática e Trigonometria.

Função SomaSe Fórmulas Matemática e Trigonometria
Função SomaSe – Matemática e Trigonometria

Basicamente, a função SomaSe irá nos auxiliar na soma de valores em uma planilha eletrônica. O que irá diferenciar esta função da função Soma é que é possível definir critérios que serão considerados durante a seleção dos valores que serão adicionados.


Na imagem abaixo, destacamos a função Soma utilizada na planilha de exemplo para calcular o total de votos nas opções 1, 2, 3, 4 e 5 de uma empresa.

Função SomaSe para calcular total de votos
Uso da função Soma em Planilhas.

A sintaxe da função SomaSe

A sintaxe da função SomaSe é bastante simples e seu entendimento não requer muitos conhecimentos matemáticos. Basicamente, devemos definir o local onde se encontram as informações e o critério que será utilizado para a soma.

Por exemplo, veja a planilha abaixo.

Função SomaSe definir local informações e o critério para soma
Exemplo de uso da função SomaSe.

Na planilha acima, utilizaremos a função SomaSe para analisar dados referentes ao controles de vendas de um grupo hipotético de lojas.

Basicamente, utilizaremos a função SomaSe do Excel para que ela nos retorne o valor de vendas de várias lojas simultaneamente, com base nos municípios que se encontram.

Para verificarmos o nosso modelo, vamos fazer um exercício bem rápido e calcular o valor de vendas das lojas de Belo Horizonte. Veja na imagem abaixo.

Análise Rápida da Soma de dados antes de utilizar a função.

Para somarmos apenas os valores referentes à Belo Horizonte, precisamos entender primeiramente a sintaxe da função. Para isso vamos analisar a expressão abaixo.

=somase(intervalo;critérios;[intervalo_soma])

No campo intervalo selecionamos todas as células que serão analisadas, definimos o critério de soma no campo critérios e por fim definimos qual intervalo, dentro do selecionado deve ser considerado para cálculo. Desta forma, nossa função deverá ficar como a apresentada abaixo.

=somase(A3:C17;”Belo Horizonte”;C3:C17)

Na imagem a seguir é possível visualizar todos os intervalos selecionados e os critérios definidos.

Preenchimento da sintaxe da função no Excel 2016.

Ao preenchermos toda a planilha, utilizando os intervalos e critérios corretos teremos obtido o seguinte resultado.

Resultado final após o uso da função no Excel.

Conclusão

Vimos que a função SomaSe é extremamente útil para analisar planilhas, pois possibilita definir critérios que serão levados em consideração durante a soma de valores existentes em uma planilha.

Apesar de simples, essa função exige dos usuários alguns conhecimentos mais básicos do Excel. Caso você ainda não os possua aproveite para adquirir um de nossos cursos online de Excel.

Tenho certeza que um de nossos cursos apresentará as ferramentas certas para seu desenvolvimento profissional.




Siga-nos:

Siga-nos no Facebook.Siga-nos no Twitter.Siga-nos no Twitter

 

Continue lendo
X