Bom dia pessoal!

Ontem pela manhã, enviamos para vocês, um e-mail falando sobre uma vídeo aula do nosso curso gratuito de Excel 2016 Básico onde era ensinado o procedimento para utilização de formatação de números em uma planilha eletrônica. Você assistiu?

Caso não tenha dado tempo de assistir, não tem problema! É possível acessar o vídeo clicando aqui

Como este tema de formatação de números é muito importante, trago neste artigo de hoje o procedimento para utilização de formatação especial de números.

A formatação especial de números permite aplicar alguns formatos pré-definidos pelo Excel ou até mesmo criar uma formatação totalmente personalizada e que esteja de acordo com as necessidades de uma determinada planilha.

Veja na imagem abaixo as opções disponíveis.

Imagem mostrando as opções para formatação especial de números

Um exemplo que pode ser dado sobre a formatação especial de números, chamada por muitos de formatação personalizada de números, é a aplicação da cor vermelha em um número que for negativo, ou então um determinado código empresarial.

Outro exemplo muito comum é quando desejamos inserir números de uma forma mais simples mas desejamos que eles apareçam formatados corretamente, utilizando pontos e hifens como no caso de números de CPF’s ou CEP de ruas.

Na imagem abaixo apresento a codificação necessária para, por exemplo, inserir um número e o próprio Excel 2016 aplicar a formatação especial de números incluindo pontos e hífen em números que representem CEP.

Imagem aplicando um formato especial de número


Após o uso da formatação especial de números podemos visualizar os CEP’s de ruas de acordo com a forma correta de inseri-los em uma planilha.

Simples, não é mesmo?

Bom, por hoje vou parando por aqui. Vale lembra-los que o Excel possui uma infinidade de ferramentas e conhece-las muito bem poderá se tornar um diferencial na sua carreira profissional.

Como encontrar cursos de qualidade na internet não é uma tarefa muito simples, deixo aqui o link de acesso para nossa página de cursos sobre o Excel. Nela você encontra inclusive, cursos disponibilizados de forma totalmente gratuita, com opção de compra dos arquivos e prova de certificação.

Você não vai deixar de visitar nossa página agora mesmo e encontrar um curso que seja importante para sua formação, não é mesmo? Então corre lá!

Abraços e até a próxima!

Continue lendo

Bom dia pessoal!

Espero que esteja tudo bem e que vocês estejam bastante animados para mais uma semana que se começa! Afinal, são mais 7 oportunidades que teremos para melhorar nossa formação.

Falando em melhorar nossa formação, deixamos aqui com vocês um Super Vídeo de Excel onde ensinamos para vocês o procedimento para formatar os números em uma planilha.

A formatação de números é fundamental para quem deseja criar planilhas no Excel pois permitem apresentar e organizar dados corretamente.

Caso você queira saber um pouco mais sobre estas vídeo aulas basta acessar nosso Canal do Youtube onde irá encontrar várias vídeo aulas gratuitas sobre Excel, Project e tantos outros softwares.. Se você já se sente um conhecedor do Excel e quer um certificado reconhecido, acesse nossa página e faça a prova de certificação com um precinho bastante camarada.

Amanhã lançaremos um artigo sobre o Excel e na quarta-feira voltareimos com mais uma dica como esta.

Boa semana para vocês!

Continue lendo

O Excel 2016 é uma poderosa ferramenta de criação de gráficos. A partir dele podemos criar gráficos, acrescentar séries, utilizar ferramentas de regressão e aplicar estilos de formatação que transformam uma simples série de dados em uma poderosa ferramenta de apresentação de informações.

gráfico criado no Excel 2016
Exemplo de gráfico criado no Excel 2016.

Recentemente enviamos um e-mail propondo à nossos usuários o envio de algumas dúvidas, para que as transformássemos em artigos e assim, poder fornecer um pouco mais de conhecimento para nossos alunos.

Uma das dúvidas enviadas, se refere à imagem apresentada no início deste artigo, onde é possível visualizar duas séries de dados em um único gráfico.

Criar um gráfico e posteriormente acrescentar uma nova série de dados é uma tarefa bastante utilizada pelos usuários, e não envolve um procedimento complexo. Contudo, dependendo do comportamento destas funções, as informações podem ser erroneamente apresentadas caso um único eixo vertical seja utilizado.

Vejam na imagem abaixo que, na tabela utilizada no exemplo, a velocidade atinge um valor máximo de 72 m/s enquanto que a posição 814 m.

análise do gráfico e suas informações no Excel 2016
Analisando o gráfico e suas informações.

Ao analisarmos o gráfico notamos que o único eixo existente é o da posição que atinge valores próximos à 900 m o que faz com que a série da velocidade seja apresentada de forma inadequada. Para resolvermos este problema é necessário adicionar um segundo eixo vertical no gráfico existente.

Para inserir um novo eixo vertical clique com o botão direito na série desejada e selecione a opção Formatar Série de Dados.

ferramenta formatar série de dados no Excel 2016
Acessando a opção Formatar Série de Dados no Excel 2016.

Na faixa de opções que será apresentada selecione a opção Eixo Secundário.

escolha de eixo do gráfico no Excel 2016
Escolhendo o eixo em que as informações serão apresentadas.

Finalize o seu gráfico inserindo o título referente a série de dados que está sendo representada neste segundo eixo vertical.

gráfico com 2 séries verticais no excel 2016
Gráfico finalizado com duas séries de dados no Excel 2016

Vejam na imagem acima que a série de dados representando a velocidade agora possui o seu próprio eixo vertical, facilitando assim o entendimento do seu comportamento.

Quer receber mais dicas de Excel? Acompanhe nossos e-mails e entre em contato conosco sempre que precisar.

Forte abraço!

Continue lendo
Função SomaSe do Excel – Conheça um pouco mais

Função SomaSe faz parte da vasta gama de funções que o Excel nos oferece para a construção de planilhas eletrônicas.

Apesar de ser uma função extremamente útil, muitos usuários ainda não conhecem a função SomaSe ou então ainda encontram algumas dificuldades em aplicá-la corretamente.

Assim, escrevo este artigo para dar algumas dicas de utilização desta importante função e citar alguns exemplos onde ela pode ser facilmente aplicada.


Conforme podemos visualizar na imagem a seguir, a função SomaSe pode ser encontrada no grupo de Fórmulas e Funções do Excel chamado Matemática e Trigonometria.

Função SomaSe Fórmulas Matemática e Trigonometria
Função SomaSe – Matemática e Trigonometria

Basicamente, a função SomaSe irá nos auxiliar na soma de valores em uma planilha eletrônica. O que irá diferenciar esta função da função Soma é que é possível definir critérios que serão considerados durante a seleção dos valores que serão adicionados.


Na imagem abaixo, destacamos a função Soma utilizada na planilha de exemplo para calcular o total de votos nas opções 1, 2, 3, 4 e 5 de uma empresa.

Função SomaSe para calcular total de votos
Uso da função Soma em Planilhas.

A sintaxe da função SomaSe

A sintaxe da função SomaSe é bastante simples e seu entendimento não requer muitos conhecimentos matemáticos. Basicamente, devemos definir o local onde se encontram as informações e o critério que será utilizado para a soma.

Por exemplo, veja a planilha abaixo.

Função SomaSe definir local informações e o critério para soma
Exemplo de uso da função SomaSe.

Na planilha acima, utilizaremos a função SomaSe para analisar dados referentes ao controles de vendas de um grupo hipotético de lojas.

Basicamente, utilizaremos a função SomaSe do Excel para que ela nos retorne o valor de vendas de várias lojas simultaneamente, com base nos municípios que se encontram.

Para verificarmos o nosso modelo, vamos fazer um exercício bem rápido e calcular o valor de vendas das lojas de Belo Horizonte. Veja na imagem abaixo.

Análise Rápida da Soma de dados antes de utilizar a função.

Para somarmos apenas os valores referentes à Belo Horizonte, precisamos entender primeiramente a sintaxe da função. Para isso vamos analisar a expressão abaixo.

=somase(intervalo;critérios;[intervalo_soma])

No campo intervalo selecionamos todas as células que serão analisadas, definimos o critério de soma no campo critérios e por fim definimos qual intervalo, dentro do selecionado deve ser considerado para cálculo. Desta forma, nossa função deverá ficar como a apresentada abaixo.

=somase(A3:C17;”Belo Horizonte”;C3:C17)

Na imagem a seguir é possível visualizar todos os intervalos selecionados e os critérios definidos.

Preenchimento da sintaxe da função no Excel 2016.

Ao preenchermos toda a planilha, utilizando os intervalos e critérios corretos teremos obtido o seguinte resultado.

Resultado final após o uso da função no Excel.

Conclusão

Vimos que a função SomaSe é extremamente útil para analisar planilhas, pois possibilita definir critérios que serão levados em consideração durante a soma de valores existentes em uma planilha.

Apesar de simples, essa função exige dos usuários alguns conhecimentos mais básicos do Excel. Caso você ainda não os possua aproveite para adquirir um de nossos cursos online de Excel.

Tenho certeza que um de nossos cursos apresentará as ferramentas certas para seu desenvolvimento profissional.




Siga-nos:

Siga-nos no Facebook.Siga-nos no Twitter.Siga-nos no Twitter

 

Continue lendo
Autopreenchimento no Excel –  Conheça estas Super Dicas!

O Autopreenchimento no Excel é uma das mais importantes ferramentas do Excel 2016, não por realizar cálculos diretos, analisar dados ou apresentar informações na forma de gráficos; mas sim por facilitar a inserção e réplica de dados em uma planilha eletrônica.

Apesar de sua importância, muitos usuários desconhecem a grande potencialidade desta ferramenta, e a utilizam apenas para replicar fórmulas que utilizem dados em sequência.

Pensando nisso, trago para vocês neste artigo quatro super dicas sobre o autopreenchimento no Excel e formas de utilizá-lo para aumentar sua eficiência no trabalho.

Autopreenchimento no Excel


De volta ao básico: Ferramenta Preencher e o Autopreenchimento no Excel

Como o Autopreenchimento no Excel pode ser acessado diretamente da célula que contém a informação que desejamos utilizar, muitos usuários desconhecem a verdadeira origem desta ferramenta, a ferramenta Preencher.

A ferramenta Preencher, que pode ser encontrada na guia Página Inicial do Excel 2016 possibilita ao usuário preencher planilhas com base em informações existente em diferentes direções. Na imagem abaixo é possível visualizar as opções de preenchimento do Excel.

opções da ferramenta preencher e o autopreenchimento no excel

Dentre as diversas opções mais básicas desta ferramenta está a possibilidade de inserir uma série de dados a partir de poucos cliques. Na imagem abaixo apresentamos a configuração de uma série de dados que será inserida em uma planilha a partir da ferramenta Preencher.

image do configuração da ferramenta preencher

O número 10 é o dado inicial que será utilizado para o preenchimento da série. Esta será disposta em Colunas, conforme podemos visualizar no item 1, seu crescimento será linear de um em um até o limite de 19, conforme itens 2 e 3.

Veja na imagem abaixo o resultado.

resultado do autopreenchimento no excel utilizando a ferramenta preencher

Apesar do preenchimento ter acontecido de forma bastante ágil, ainda existem possibilidades de preencher uma planilha com informações onde a eficiência será maior.

Pensando nisso, o Autopreenchimento nos permite realizar as mesmas tarefas, contudo a partir de passos ainda mais rápidos. Para isso, utilizaremos a planilha apresentada no início deste artigo onde aprenderemos a inserir os meses do ano, os dias da semana e informações na forma de série de dados.


O Autopreenchimento e os meses do ano:

O Autopreenchimento é a forma mais simples de inserir os meses do ano em uma planilha do Excel 2016.

Basicamente o que o usuário precisa é inserir a informação inicial, como por exemplo, o mês de Janeiro e em seguida utilizar o Autopreenchimento a partir do ponto localizado no canto inferior direito da célula, veja a imagem abaixo.

uso do autopreenchimento no excel para meses do ano


Preenchendo dias da semana utilizando o Autopreenchimento

Também é possível preencher os dias da semana, utilizando o Autopreenchimento. Similar ao procedimento utilizado para preencher meses do ano, iniciamos o uso da ferramenta digitando segunda-feira na primeira célula.

Em seguida, clicamos no ponto localizado no canto inferior direito da célula e arrastamos até aparecer o valor desejado. Veja a imagem abaixo.

autopreenchimento no excel em dias da semana


Autopreenchimento para Séries de dados

É muito simples criar uma série de dados no Excel a partir do Autopreenchimento. Basta que você digite na primeira linha a informação inicial e em seguida utilizar a ferramenta do mesmo modo que nos exemplos anteriores para preencher a sua planilha.

Um bom exemplo disto é o procedimento para criar uma lista de lojas intituladas de Loja 1, Loja 2, Loja 3 e assim por diante.

Veja na imagem abaixo.

preenchimento de lista utilizando o Autopreenchimento no excel


Sequência numérica utilizando o Autopreenchimento

Para criar uma sequência numérica utilizando o Autopreenchimento no Excel basta que você digite dois números. O primeiro número será o valor inicial da sequência e o segundo será o próximo valor.

Por exemplo, se seu objetivo é criar uma sequência numérica que aumente de 5 em 5, basta criar o primeiro número e somar 5 ao segundo, por exemplo 3 e 8.

iniciando o autopreenchimento no excel para sequências numéricas

Em seguida, selecionamos as duas células e aplicamos o Autopreenchimento no Excel a partir da segunda célula, veja a imagem abaixo.

Sequência numérica criada utilizando o Autopreenchimento no excel

Assim, se você seguir corretamente os procedimentos apresentados neste artigo terá criado a seguinte planilha de dados.

resultado final do autopreenchimento no exceL

 


Conclusão

Ao final deste texto concluímos que o Autopreenchimento é uma ferramenta fundamental no Excel 2016 pois permite ao usuário inserir informações de forma ágil e eficiente.

Vale lembrar que este artigo englobou somente algumas possibilidades de uso do Autopreenchimento no Excel, caso você conheça outras formas de trabalhar com esta ferramenta, deixe seus comentários e interaja comigo e os demais visitantes da página.

Caso tenha gostado, aproveite e conheça nossos Cursos de Excel 2016 Básico e Intermediário, que lhe ensinará diversos tipos de ferramentas do Excel e o auxiliará a transformar-se em um usuário de Excel extremamente competente para o mercado de trabalho.

Até nossa próxima dica.

Obrigado.




Siga-nos:

Siga-nos no Facebook.Siga-nos no Twitter.Siga-nos no Twitter

Continue lendo
Como modificar o idioma do Revit do inglês para o português?
  • Por Jonathan Rafael Cristofolini
  • /
  • /
  • /
  • 2019 Views
  • /
  • 2 Comments

Muitas vezes ao baixar o software Revit acabamos não dando atenção a linguagem baixada, ou ainda podemos nos deparar com atualizações que acabam modificando automaticamente a linguagem do software. Como muitos usuários brasileiros não têm fluência em inglês, isso pode causar dúvidas ao utilizar as ferramentas, tendo de gastar tempo traduzindo-as por não serem intuitivas.

(mais…)

Continue lendo
O fantástico gráfico de Colunas Empilhadas – Excel 2016

Quem me conhece sabe que gosto de coisas simples, principalmente quando se trata de ferramentas simples que muito acrescentam em uma planilha desenvolvida no Excel.

Hoje falarei sobre mais uma ferramenta do Excel, o Gráfico de Colunas Empilhadas, que se bem utilizada pode enriquecer uma planilha e facilitar o entendimento dos dados numéricos apresentados.

(mais…)

Continue lendo
Como criar paredes de vidro no Revit com o comando Parede Cortina

Recentemente vem crescendo o uso de paredes de vidro em edificações. Em consequência, profissionais da área da construção e design precisam representar isso em seus projetos.

No Revit essa representação é muito simples, utilizando o comando Parede Cortina, também conhecido como Sistema de Cortina. Esse comando é um componente que compreende painéis, eixos cortinas e montante. Como por exemplo, parede com molduras de alumínio contendo preenchimento de vidro, painéis de metal ou pedra fina.

(mais…)

Continue lendo
Como usar as referências externas em projetos complementares no AutoCAD

Qualquer projetista que trabalhe com projetos complementares de uma obra (como por exemplo o elétrico) deve já ter enfrentado um problema semelhante: a padronização do projeto arquitetônico. Isso ocorre porque muitas das informações que são importantes para um projeto arquitetônico não são tão essenciais assim para estes projetos complementares. Dessa forma, o projetista se vê obrigado a alterar o projeto arquitetônico para que fique em seu padrão, permitindo-o a desenhar seu projeto “por cima” desta arquitetura padronizada.

(mais…)

Continue lendo
X